Utilizar e cuidar as lentes de contacto

 



COMO COLOCAR E RETIRAR AS SUAS LENTES.

1-Colocar e retirar as suas lentes de contacto é mais fácil do que pensa. Pode precisar de um período de habituação mas, em breve, vai fazê-lo num instante.

2-Como colocar as suas lentes Antes de tocar nos olhos ou lentes de contacto, lave sempre as mãos com sabão (de preferência sabonete líquido antibacteriano, não-perfumado). Lave e seque as mãos com uma toalha que não largue fibras. É uma boa ideia colocar sempre, em primeiro lugar, a lente do olho direito. Desta forma não vai misturar as lentes.

3-Verifique se a lente não está do avesso. Para saber de que lado ela está, coloque a lente na ponta do dedo e em direcção à luz. Se as extremidades ficarem para fora, está do avesso. Se formam uma curvatura perfeita, então está pronta para utilizar.

4-A maioria das lentes também tem um indicador 123, para que possa saber, facilmente, quando elas estão do avesso. Coloque a lente na direcção da luz e se os números estiverem escritos correctamente, então a lente está correcta também.

5-Usando a sua outra mão, segure cuidadosamente a pálpebra superior, para não pestanejar. Com cuidado, puxe para baixo a pálpebra inferior, com os outros dedos da mão que vai colocar a lente. Mova a lente de contacto em direcção ao olho, calmamente e de forma estável. Pode ajudar se olhar para cima, enquanto a coloca no olho. Lentamente, liberte a pálpebra e feche o olho por um momento, para permitir que a lente se estabilize. Siga os mesmos passos para o olho esquerdo.

Como retirar as suas lentes Antes de tocar nos olhos ou lentes de contacto, lave sempre as mãos com sabão (de preferência sabonete líquido antibacteriano, não-perfumado). Lave e seque as mãos com uma toalha que não largue fibras. Comece com o seu olho direito, para evitar misturar as lentes. Olhe em direcção ao tecto e, com cuidado, puxe a pálpebra superior com o dedo médio. Lentamente, aproxime o dedo indicador do seu olho até tocar na extremidade inferior da lente. Deslize a lente para a parte branca inferior do olho. Suavemente aperte a lente entre o polegar e dedo indicador e retire-a. Retire a lente esquerda da mesma forma. Deite fora as lentes diárias descartáveis. Limpe e desinfecte as lentes reutilizáveis. Para obter um método rápido e eficaz para limpar lentes reutilizáveis, siga a nossa rotina fácil aqui. Nunca lave as suas lentes de contacto ou estojo de lentes com água da torneira.

Como retirar as suas lentes

1-Antes de tocar nos olhos ou lentes de contacto, lave sempre as mãos com sabão (de preferência sabonete líquido antibacteriano, não-perfumado). Lave e seque as mãos com uma toalha que não largue fibras.

2-Comece com o seu olho direito, para evitar misturar as lentes. Olhe em direcção ao tecto e, com cuidado, puxe a pálpebra superior com o dedo médio. Lentamente, aproxime o dedo indicador do seu olho até tocar na extremidade inferior da lente. Deslize a lente para a parte branca inferior do olho. Suavemente aperte a lente entre o polegar e dedo indicador e retire-a. Retire a lente esquerda da mesma forma.

3-Deite fora as lentes diárias descartáveis. Limpe e desinfecte as lentes reutilizáveis. Para obter um método rápido e eficaz para limpar lentes reutilizáveis, use SORO ESPECIFICO PARA SUAS LENTES , NUNCA SORO FISIOLÓGICO ( Não tem conservantes e ficam infectados apôs 24h de abertos )

4- Nunca lave as suas lentes de contacto ou estojo de lentes com água da torneira.

-----------------------------------------------------------------

Plástica Ocular 

O que é Plástica Ocular A Cirurgia Óculo-plástica é muito diversificada e abrange tanto a área da pálpebra como as vias lacrimais e a órbita. Existem diversas técnicas que têm como foco o respeito à integridade do globo ocular e da função visual:

Cirurgia Reconstrutiva – tratamento de tumores;

Cirurgia Reparadora – tratamento de feridas e as más-posições;

Cirurgia da Ptose – tratamento para a pálpebra caída;

Cirurgia das Retrações – faz parte do quadro de tratamento da tireóide.

Pálpebra Pesada Podemos identificar a pálpebra pesada a partir de três fatores: excesso de pele na pálpebra superior; olheiras, que correspondem a um afinamento do tecido palpebral associado a uma hiperpigmentação; e presença de bolsas de gordura. O tratamento mais indicado para este problema é a blefarosplastia, um tipo de cirurgia ambulatorial, com anestesia local, que tem como intuito reduzir ou até mesmo suprimir as imperfeições palpebrais. Esta cirurgia tem ótimos resultados e um pós-operatório muito simples, com a retirada dos pontos no quinto dia após o procedimento. Nos primeiros dias pode haver dificuldade em fechar os olhos, lacrimejamento e sensação de olho seco. Com técnicas bem codificadas a blefarosplastia, permite excelentes resultados estéticos e funcionais.

Blefaroespasmo

O Blefaroespasmo é caracterizado por contrações involuntárias dos músculos palpebrais e de outros grupos musculares da face. As injeções de toxina botulínica são eficientes no tratamento dos casos de blefaroespasmo essencial e hemi- espasmo facial, pois ela alivia as contrações, provocando a paralisia do músculo afetado por cerca de 3 a 4 meses. A cirurgia é indicada nos casos em que a toxina botulínica não tiver efeito.

Rugas

As rugas são causadas pelas repetitivas expressões faciais que fazemos durante toda a vida. A perda de proteínas, como colágeno e elastina em conseqüência da idade, também contribuem para a falta de elasticidade da pele. A oftalmologia atua no tratamento de rugas nas áreas da fronte e da região periocular (pés de galinha), através da aplicação da toxina botulínica tipo A, que provoca o relaxamento temporário do grupo muscular destas áreas. O tratamento é indicado para pessoas entre 30 e 60 anos, que não têm alergia conhecida ou doença crônica. Após a aplicação pode haver uma queda da pálpebra superior e visão dupla, mas estas complicações são transitórias e desaparecem espontaneamente. O procedimento para a aplicação da toxina botulínica é efetivo, rápido e indolor.

---------------------------------------------------------------------------

Catarata 

A catarata é o processo de opacificação de uma lente natural do olho chamada cristalino, que normalmente é clara e transparente. Inicia-se normalmente após os 60 anos, sendo progressivo e dificultando a entrada de luz para o interior do olho.

O tempo que a catarata leva para se desenvolver varia de pessoa para pessoa e até mesmo de um olho para outro. Na maioria dos casos, a catarata surge com o envelhecimento, gradualmente ao longo do tempo e não é caracterizado como doença. Quando a catarata atinge indivíduos mais jovens ou portadores de diabetes ela pode progredir rapidamente em questão de meses.

Causas:

Envelhecimento natural do olho (causa mais comum) Herança genética Algumas doenças, tais como o diabetes ou glaucoma Traumas no olho Certos medicamentos (ex: corticoesteróides) Exposição a longo prazo aos raios de sol sem usar proteção (óculos com proteção UV) Cirurgia ocular prévia

Sintomas:

Visão borrada Visão dupla em um dos olhos Necessidade de luz mais intensa para ler Visão noturna se altera Cores se tornam mais amareladas Em um dia a visão é melhor, no outro pior img2_catarata Tratamentos Não existe tratamento clínico (colírios, óculos ou medicamentos) que cure a catarata ou retarde a sua evolução. A cirurgia é o único tratamento eficaz e, graças ao avanço tecnológico, houve um aprimoramento e sofisticação das lentes intraoculares, denominadas lentes Premiuns. Estas lentes podem ser agrupadas em lentes Tóricas, Bifocais, Acomodativas e Asféricas. A cirurgia é feita por micro-incisão, não necessita de internação, não tem pontos (sutura), é indolor e a anestesia é dada por colírio, além de ter uma rápida recuperação. Essa cirurgia é feita através de uma micro-incisão por onde se aspira esta lente natural opaca e no local introduz-se outra lente intraocular dobrável que fica para o resto da vida. Este procedimento é rápido e muito seguro. Devido a não utilização de ponto, o pós-operatório é muito tranquilo. OFTCAMP dispõe dos mais recentes e modernos equipamentos para remoção de catarata. Trata-se de um equipamento de facoemulsificação com o qual é possível tratar diferentes casos de catarata. Além de equipamentos de última geração, a equipe médica da OFTCAMP é altamente especializada para atender cada caso com muita atenção, competência e utilizar os melhores produtos e medicamentos no tratamento de seus pacientes. 

RUA GENERAL OSORIO 1240 , CAMPINAS ,

TELEFONE 019-3012-9090

© Direitos autorais 2016

oftalmologistaemcampinas.com.br

Medico Responsável : Dr Guilherme de Paula Ribeiro dos Santos , CRM : 120.960